Coats

×

Quando a pressão é grande

Melhorando os macacões de corrida, uma costura por vez

O automobilismo é um esporte muito adorado e acompanhado em todo o mundo. Da Fórmula 1 ao rally e da Fórmula E à NASCAR, milhões de fãs acompanham seus heróis enquanto lutam pela velocidade e glória.

Porém, pilotar um carro de corrida é algo perigoso, com motoristas chegando a velocidades de até 300 km/h. Portanto, a segurança é extremamente importante. É aí que a Coats entra, com nossa habilidade de combinar linhas técnicas com conforto e desempenho.

O vestuário de um piloto de corrida evoluiu significativamente desde as primeiras corridas no século 19.

Na NASCAR, focava-se muito no conforto; os primeiros macacões de corrida eram camisas e calças de algodão nas décadas de 1930 e 1940, seguidas por shorts ou jeans com uma camiseta na década de 1950 ao início da década de 1960. A morte de um famoso piloto de corrida, Fireball Robert, assim como as mortes no famoso evento Indy500, introduziram os primeiros macacões à prova de fogo. Autoridades da NASCAR decretaram que todos os motoristas deveriam usar macacões à prova de fogo na pista.

Logo, a Fórmula 1 seguiu o mesmo padrão, e todos os uniformes e macacões de pilotos da F1 tinham que ser à prova de fogo. Hoje, esses macacões são tão avançados tecnologicamente que podem proteger alguém por até 11 segundos após o surgimento das chamas.

Esse nível de segurança vai além dos pilotos de corrida profissionais. Obrigatório agora tanto na NASCAR quanto na F1, equipes do pit stop, equipes de resgate e oficiais de pista que trabalham próximos de incêndios em potencial têm de usar roupas à prova de fogo, incluindo um uniforme, roupas íntimas, calçados e luvas. Enquanto o tecido cobre a porção maior do corpo de uma pessoa, a linha é essencial para manter a vestimenta unida e trazer o mais alto nível de segurança. A falha na costura pode comprometer a vestimenta, fornecendo um caminho para o calor e as chamas entrarem em contato com o usuário.

Enquanto as corridas esportivas existirem, a necessidade de segurança deverá existir também. O Coats Firefly está aqui para ajudar. A linha de costura retardante de fogo é feita 100% de fibra de meta-aramida fiada, oferecendo uma resistência impressionante contra o calor e chamas com temperaturas de até 371°C.